Menu Principal

    Visita de Capela II

    Recebi no dia 8 de junho de 2017 uma visita inesperada.

    Um espírito incorporou em uma médium e se apresentou a mim em uma sessão mediúnica onde trabalho, falava uma língua ininteligível.

    Tentei falar com este ser e propus que ele escrevesse o que desejava lhe oferecendo papel e lápis.

    Abaixo coloquei as imagens da mensagem.

    Antes porém, coloco explicações sobre o local de onde este espírito veio, Capela II.

    Mensagem de Jamar - 22 de março de 2013

    Estamos no início de um momento único e primeiro na história da Terra; num ponto em que a humanidade passará por eventos que irão definir o futuro da espécie humana e a continuidade da vida na Terra.

     

    À medida que o planeta se mostra cada vez mais vulnerável à ação do homem tanto numa dimensão física, social, ecológica ou espiritual, o futuro se esboça, na mesma medida, gigante, cheio de caminhos sinuosos, com potenciais perigos mas sobretudo, mostra-se um esboço de uma grande esperança para os espíritos da Terra.

    Mensagem aos Espíritos


    É de vós, cultores da Lei da Evolução, que se espera o engajamento, como pioneiros, ao lado das vanguardas da consciência planetária.


    A Lei da Evolução descortina aos que a compreendem o sublime encadeamento de todas as espécies de vida do orbe.


    “Do átomo até o arcanjo, que começou por ser átomo”, tudo vos deve ser sagrado, porque a mesma centelha da Vida Universal que dormita no mineral, bruxuleia no vegetal e entreabre os olhos no animal é aquela que vos incendeia a mente e conduz, em consciência maior, pelos caminhos infinitos do progresso.

    Mandato de Amor - - Geraldo Lemos Neto

    Capítulo IV - Suas palavras ao longo do tempo

    QUESTÕES QUE A ESPIRITUALIDADE RESPONDE - Parte 4

    (Algumas perguntas de cunho doutrinário, formuladas por espíritas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte e respondidas pelo médium Francisco Cândido Xavier, por ocasião de um encontro em Uberaba, Minas Gerais, no dia 31.05.91.)

    SOBRE OS ANIMAIS

    Pergunta

    — Chico Xavier, a Doutrina dos Espíritos esclarece com muita propriedade a questão da Lei de Causa e Efeito, de Ação e Reação, que preside a organização do Universo.

    Ela também nos indica o livre arbítrio como atributo fundamental da personalidade humana, pelo qual o ser humano tem a faculdade de optar livremente pelo caminho que deseja seguir, recebendo, contudo, em contrapartida, o resultado inexorável de suas decisões boas ou más.

    Assim, se conclui que a plantação é livre aos seres humanos, mas a colheita lhes é obrigatória.

    Dessa forma, explica-se todas as provações e resgates, doenças e deformidades físicas e mentais por que sofre a maioria dos homens na Terra, como sendo o seu carma ou resgate de delitos passados.

    Também nos ensina a Doutrina Espírita que os animais não gozam desta faculdade do livre arbítrio, por não possuírem ainda o pensamento contínuo.

    Sendo assim, como devemos encarar a questão da existência de deformidades congênitas no seio dos animais?

    Por que nascem animais cegos ou deformados, se eles não têm o livre arbítrio?

     

    Página 1 de 2

    © 2018 VEG11 - Alimentação e espiritualidade - Vegetarianismo
    Menu Principal