Home Álcool
Índice do Artigo
Alcoolismo
O papel do álcool.
Lenda Oriental
Álcool e obsessão
Consequências e tratamento.
Conseqüências do alcoolismo
O alcoolismo na visão espírita
Tratamento do alcoolismo
Todas as Páginas




Conseqüências do alcoolismo



– Os efeitos do alcoolismo atingem não apenas a saúde do alcoólatra, mas igualmente a comunidade em que ele vive e, especialmente, sua família.


A) Seus efeitos na saúde:



Físicos – afecções como a cirrose hepática e cânceres diversos.


Mentais – perda da concentração e da memória.


Neurológicos – prejuízos na coordenação motora e o caminhar cambaleante.


Psicológicos – apatia, tédio, depressão.


B) Seus efeitos sociais:


Crimes – o número de homicídios detonados pelo álcool é surpreendente: em 1996, 41% em São Paulo e 54% nos Estados Unidos.


Acidentes de trânsito – em 1995, 30% de todos os acidentes com vítimas ocorridos no Brasil foram motivados pelo álcool.


Dados mais recentes divulgados por Veja em 13/10/99 informam que 30.000 pessoas morrem em acidentes de trânsito por ano no Brasil: metade é vítima de motoristas bêbados ou drogados.


Má produtividade no trabalho – além dos danos produzidos à empresa que paga o salário ao alcoólatra, o fato geralmente redunda na demissão e muitos não conseguem um novo emprego devido a isso.


Perda do senso do dever e dos bons costumes – falta ao trabalho, desemprego.


C) Seus efeitos na família:


Comprometimento dos filhos – 80% dos filhos aprendem a beber em casa, diz a psicóloga Denise de Micheli.


Desestruturação do lar – o desemprego gera as dificuldades financeiras e as discussões inevitáveis.


As separações conjugais – a mulher não agüenta as conhecidas fases da euforia: momice (macaco), a valentia (leão) e a indolência (porco).


A violência doméstica – 2/3 dos casos de violência infantil ocorrem quando o agressor está alcoolizado.


Precisa de Ajuda, Clique Aqui!



Última atualização em Sáb, 31 de Agosto de 2013 12:10
 
VTEM SlideshowVTEM SlideshowVTEM Slideshow
VTEM SlideshowVTEM Slideshow